Skip to content

Andreina Tavares

 

Enfermeira | Mestre em Cuidados Paliativos | Especialista em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica | Pós-Graduada em Gestão de Unidades de Saude

 

A exercer funções de enfermeira na Equipa Comunitária de Suporte em Cuidados Paliativos do ACeS Central, ARS Algarve.

 

Andreina Tavares. Enfermeira. O meu interesse em cuidar de pessoas em final de vida surgiu ainda durante a licenciatura, com o livro “Amor, Medicina e Milagres”. Desde aí, todo o meu percurso profissional foi orientado nesse sentido. Comecei a trabalhar em oncologia aos 23 anos, vivenciei muitas perdas para as quais não me sentia preparada. Senti necessidade de procurar ferramentas académicas que me permitissem lidar de uma forma mais adequada com as situações, mas também senti necessidade de buscar espiritualmente o sentido de vida. Continuo a cuidar e a apoiar as pessoas e famílias em processos de doença grave agora em cuidados paliativos, numa vertente comunitária. E continuo o meu percurso de ampliar o autoconhecimento.

O meu caminho neste grupo de trabalho cruzou-se nas  I Jornadas Internacionales de Competencia Cultural al Final de la Vida realizadas em 2018 em Huelva, em que fui convidada a fazer uma palestra. Os laços mantiveram-se. E surgiu este projeto, que pretende humanizar o processo de final de vida, trazê-lo de novo para a discussão na comunidade como processo natural e que merece toda a nossa atenção, conhecimento, apoio e suporte. O que se pretende é empoderar a comunidade para que se forme uma rede de apoio, que se deseja cada vez maior e melhor.

Estou aqui enquanto mãe, filha e companheira. Para exercer o meu papel enquanto cidadã, partilhando toda a minha experiência e conhecimento.